sábado, 30 de agosto de 2014

Nocaute do dia - Roger Rodrigues vs. Carlos Aguiar

Luvinha na pracinha, aqui perto de casa :)

Nocaute aos 2:50...


EETAAAAAÂ PORRAA SEÉELooOK.O!

Autor do nocaute: Carlos Aguiar

 

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Renan Barão sofre mal estar e está fora da luta contra TJ Dillashaw

Lutador da Nova União foi rapidamente atendido e se recupera bem do susto.


Na tarde desta sexta-feira, dia 29 de agosto, Renan Barão sofreu um forte mal estar enquanto finalizava o processo de perda de peso e não poderá participar do aguardado combate contra TJ Dillashaw, agendado para sábado, dia 30, na cidade de Sacramento, nos Estados Unidos, pelo UFC 177. 

Barão seguia normalmente descendo de peso quando, ao sair da banheira do seu quarto de hotel, sentiu-se tonto e acabou chocando a cabeça contra a parede do banheiro. Desacordado, o atleta foi prontamente socorrido por André Pederneiras, líder da Nova União, e pelo staff que o acompanha na viagem. O ex-campeão peso-galo do UFC foi atendido no hospital local e passa bem.

Renan Barão retorna ao Brasil no domingo, dia 31, e continuará em acompanhamento médico até estar 100% recuperado do susto. Durante esse período, para se dedicar exclusivamente à recuperação, o atleta se reserva ao direito de não conceder entrevistas.

 

Nocauteando no estilo Usain Bolt

Lutador encarna o Usain Bolt aos 0:55 do vídeo:


Isso que é pressa pra terminar a luta.

 

Atletas de Arapiraca se preparam para o Coliseu Extreme Fight XI

Começa a contagem regressiva para a edição 11 do melhor evento de MMA do Brasil que promete agitar a cidade de Arapiraca.


Arapiraca entrou para a história do MMA Nacional após duas edições épicas do Coliseu Extreme Fight em que o público lotou a casa e fez o Staff ter dificuldade de ouvir a própria voz. A mesma emoção está por vir no dia 6 de setembro, quando os guerreiros se enfrentam no Coliseu XI, que terá card recheado de feras, sendo 4 atletas da capital do agreste.

Os lutadores arapiraquenses prometem fazer bonito no ginásio João Paulo II e estão treinando pesado. Segundo o treinador Ricardo Feitosa, responsável por três atletas de Arapiraca, a expectativa é a melhor possível. Entre os favoritos está Walison Pereira, invicto no Coliseu, com cinco lutas e cinco vitórias no evento. O arapiraquense da equipe Ricardo Feitosa enfrenta o baiano estreante no Coliseu, mas invicto em sua carreira, José Aparecido, no ‘co main event’ da noite de 6 de setembro.

Outro lutador de Arapiraca conhecido do público é Toni Belo, que tem duas lutas no Coliseu, com uma vitória e uma derrota. Ele enfrenta o pernambucano Marcos Junior, na categoria Peso Galo, na segunda luta do card principal. Já na luta do card preliminar, o estreante Ítalo Ribeiro está treinando pesado para surpreender o público.

Na sexta luta do card principal, o arapiraquense Jânio Rodrigues, da equipe Ryan Gracie Team Butantã, enfrenta o baiano Alexandre Santos, no Peso Pena. Jânio “Vitamina” é profissional desde 2012, com 3 vitórias por finalização, estreante no Coliseu.

A contagem regressiva começou para mais um grande evento de MMA para o público de Arapiraca. Um card que fará a noite do dia 6 de setembro de 2014 inesquecível, tanto para o público presente à capital do agreste, quanto para os espectadores do canal Esporte Interativo espalhados pelo Brasil.

Coliseu Extreme Fight 11

Quinta-feira, 06 de setembro de 2014, às 20h

Ginásio João Paulo II, Arapiraca – AL

 

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Miúdos lutam Jiu Jitsu como gente grande

Leitores, vou logo avisando, esse rola de jiu requer uma certa atenção.


rerere... BAITA luta fi.

 

Fãs do UFC poderão acompanhar luta de sábado em arena especial na Barra da Tijuca

MMA Night promove noite de experiência para público acompanhar a disputa de cinturão entre Dillashaw e Barão.


O MMA é, atualmente, um esporte em crescimento no Brasil. Se há alguns anos era desconhecido por grande parte da população, hoje em dia já está se firmando como uma das modalidades que mais interessam ao brasileiro. Na hora de acompanhar uma luta, no entanto, os fãs ainda não possuem um lugar específico para se reunirem, como é costume em dia de jogos de futebol.

Com o objetivo de transformar a experiência do público que acompanha a modalidade, no próximo sábado (30/08), a Barra da Tijuca se tornará uma filial de Sacramento, Califórnia (EUA), onde ocorrerá a 177ª edição do UFC. O MMA Experience preparou uma arena especial para a transmissão das lutas: o MMA Night, onde fãs do esporte e lutadores se sentirão tão próximos do octógono quanto os espectadores ao vivo na Sleep Train Arena. Além disso, a plateia poderá participar de concursos culturais, fazer tatuagegns, tirar fotos com cinturão do UFC, Harley-Davidson, Ring Girls, experimentar luvas, materiais de uso dos lutadores, além de concorrer a brindes.

O MMA Night será gratuito e acontecerá no KOI ART & PUB, que fica na Avenida Olegário Maciel, 101 C, a partir das 21h. A capacidade máxima do evento é de 400 pessoas.

Card Principal
- T.J. Dillashaw vs. Renan Barão (Disputa de cinturão);
- Danny Castillo vs. Tony Ferguson;
- Shayna Baszler vs. Bethe Pitbull Correia;
- Carlos Diego Ferreira vs. Ramsey Nijem;
- Justin Edwards vs. Yancy Medeiros.

Lutas Preliminares
- Derek Brunson vs. Lorenz Larkin;
- Henry Cejudo vs. Scott Jorgensen;
- Anthony Hamilton vs. Ruan Potts;
- Anthony Birchak vs. Joe Soto;
- Cain Carrizosa vs. Chris Wade.

Serviço:
MMA Night
Local:  KOI ART & PUB - Avenida Olegário Maciel, 101 C - Barra da Tijuca - Rio de Janeiro
Horário: A partir das 21h
Entrada gratuita
Contato: www.mmaexperience.com.br

 

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Renan Barão encara revanche com TJ Dillashaw para recuperar o que é "seu"

Lutador da Nova União já está nos Estados Unidos, visando retomar o cinturão do peso galo do UFC diante do norte-americano e não teme luta em Sacramento.


A dolorosa derrota para TJ Dillashaw, em maio deste ano, já faz parte do passado, e Renan Barão está unicamente focado em recuperar o cinturão do peso galo (até 61,2kg). Neste sábado, dia 30 de agosto, no UFC 177, em Sacramento, nos Estados Unidos, o atleta da Nova União sobe ao octógono para fazer a revanche diante do norte-americano depois de um camp muito intenso, que contou com força e união máximas na academia, que tem, com José Aldo, o único título brasileiro do Ultimate, e quer voltar a ter o segundo.

Antes do primeiro combate contra TJ Dillashaw, no UFC 173, o lutador da Nova União vinha absoluto como o melhor do mundo entre os galos, invicto há nove anos, e considerado um dos três melhores lutadores peso-por-peso do evento (hoje aparece entre os oito, três posições acima do próprio Dillashaw). Por isso, Barão acredita que será o detentor do cinturão novamente e garante estar preparado para tê-lo outra vez.

"Tenho que subir lá no octógono e trazer de volta para o Brasil o que é meu. Aquele cinturão tem que ser meu, lutei muito por isso. Defendi-o interinamente, ganhei depois e fiquei em definitivo. Estou pronto para esta batalha e sei que vou retornar absoluto mais uma vez", confia o brasileiro, que já está em Sacramento para a reta final de corte de peso. 

Dono de um dos cartéis mais expressivos do MMA entre os atletas do UFC - são 32 vitórias e apenas duas derrotas - Renan Barão evita lamentar a derrota no primeiro confronto e garante que não se assusta em lutar na casa do adversário, em Sacramento. A cidade abriga a Team Alpha Male, equipe de Dillashaw, liderada por Urijah Faber, ex-desafiante do potiguar, que tem o provocado nas redes sociais.

"Não sei o que aconteceu naquela luta. Dillashaw estava bem, me deu uma pancada no primeiro round, que atordoei, e não lembro direito do restante da luta. Agora a revanche é na casa deles. Mas não muda nada. Vou para impor meu jogo", comenta, evitando rebater algumas provocações feitas pelos integrantes da Alpha Male, após a derrota, em especial Faber: "Não tenho nada para responder. Ganhei do Faber duas vezes, não preciso falar nada. Tenho que subir no octógono e vencer, como sempre fiz". 

Treinos mais fortes desta vez

Mesmo acostumado com treinamentos pesados, desta vez Renan Barão realizou um camp ainda mais focado. Sob comando de André Pederneiras, líder da Nova União, o potiguar realizou atividades na academia três vezes ao dia, alternando entre treinos de boxe, jiu-jitsu, sparring, grappling e wrestling, com uma cobrança dia a dia por evolução.

"O Dedé ficou em cima. Não aliviou (risos). A preparação foi muito forte, como nunca fiz antes. Estou mais focado do que nunca. Vou continuar treinando até o dia da viagem. A perda de peso vai ser tranquila. Técnica e psicologicamente estou pronto. Evolui ainda mais daquele confronto para este", conta.